Cidadania

Tornar-se um cidadão americano é uma das decisões mais importantes para uma pessoa, cuja decisão mostrará sua lealdade e compromisso para com os Estados Unidos e sua Constituição. Portanto, é importante que a cidadania seja feita de uma forma correta. Nós podemos guiá-lo em cada passo do processo para que se torne uma experiência memorável.

Você se qualifica para cidadania se:

•    Você é um residente permanente  por pelo menos 5 anos e se qualifica para os outros requisitos.
•    Você  é um residente permanente  por pelo menos 3 anos e se qualifica pra todos os requisitos necessário para uma aplicação como cônjugue de um cidadão americano.
•    Você prestou serviço as Forças Armadas dos E.U.A. e se qualifica para todos os outros requisitos.
•    Você é um cidadão americano e tem um filho (a) que nasceu fora dos E.U.A. e no momento reside fora dos E.U.A., seu filho (a) poderá se qualificar para naturalização se qualificar para todos os outros requisitos.

pag_cidadania

Para tornar-se um cidadão, você precisa ter certos requisitos baseados nas circumstacias do seu nascimento ou após o seu nascimento.

Baseado seu nascimento você tem que:

*Ter nascido nos Estados Unidos ou em certos territórios ou em possessões periféricas dos Estados Unidos,  e sujeitos a jurisdição dos Estados Unidos; ou
* Ter um de seus pais como cidadão americano  quando você nasceu (se seu nascimento foi fora dos país) e  outros requisitos.

Baseado após seu nascimento você tem que:
•    Aplicar para uma cidadania “derivada” ou “adquirida”através de seus pais
•    Aplicar para naturalização
A maioria dos aplicantes para naturalização são requeridos a fazer um teste de Inglês e civil (História dos Estados Unidos e governo); e ter um bom carater moral.

Membros e veteranos das Forças Armadas dos Estados Unidos, incluindo seus dependentes, podem estar elegíveis  para provisões especiais de naturalização.

OBSERVAÇÃO: Existem muitos requisitos e exceções  para diferentes casos. Portanto, consultar um advogado de imigração é essencial  para assegurar que sua  oportunidade de se tornar um Cidadão Americano não seja comprometida.

Deportação e Remoção

Poucas coisas são mais aterrorizante do que está passando por um processo de deportação do país que se tornou seu lar.

Aqui no Alexandre Law, nos especializamos em processo de deportação e remoção.  Você pode estar sendo deportado porque você não tem diretos legais de permanecer no país . Ou, você pode estar com um processo de deportação porque  cometeu um erro que resultou em uma condenação penal. Até mesmo portadores de “Greencard” podem ser deportados!  Muitas vezes do que as pessoas não sabem é que exitem soluções para casos como:

•    Cancelamento de Remoção de Residentes Permanentes Legais
•    Alívio especial , conhecido como 212(c), para convicções  adquiridas antes ou em 1996.
•    Cancelação de Remoção de residentes permanentes ilegais.
•    Ajustamento ou reajustamento de Estado.
•    Perdão de convicções criminais  conhecidas como 212(h)Perdão
•    Asílo, Retenção de Remoção, ou Convenção Contra Tortura (ACT)

Em alguns casos, você não se qualificará para nenhum destas formas de alívio, e  é aí quando muitos dos advogados irão dizer que nada mais pode ser feito para o  seu caso, e irão sugerir que  você aplique para uma Retirada Voluntária.  Porém muitas vezes podem existir abusos de direitos constitucionais e humanos contra você por um oficial de imigração durante a investigação do seu caso.  Se este for o caso, é possível aplicar para uma Moção par suprimir as provas apuradas contra você.  Se o processo é bem sucedido, o governo NÃO poderá usar tais provas  pelo fato de terem sido adquiridas de uma forma ilegal ou inconstitucional.

Uma maneira que você poderá nos ajudar é de não falar como os oficiais de imigração investigando o seu caso. Os informe que você deseja falar com um advogado e não se deixe intimidar nem mesmo se for ameaçado ou coagido.  E podem acreditar que isto acontece muitas vezes.

Se eles chegarem a vir até a sua casa, não abra a porta e peça a eles que coloquem o mandato de busca debaixo da porta. Se o mandato é assinado somente por um oficial de imigração do Department of Homeland Security e não por um juiz, então você NÃO tem que deixa-los entrar. Se por eventualidade o mandato é assinado por um juiz, o mandato deve ter os nomes específicos de cada pessoa e objetos na casa que eles estão a procura.  Se eles ultrapassam as especifiações do mandato de busca, qualquer uma outra coisa levada  será ilegal.
Muitas vezes seus direitos serão violados mesmo quando você informar aos oficiais que você tem conhecimento deles! Muitas vezes eles não se importarão  e assumirão que você (como muitos outros imigrantes vulneráveis) não fará nada na corte para proteger seus direitos que foram violados.  Anote cuidadosamente todas as violações de seus direitos , tais como, entrar em sua casa sem um mandato, algema-lo sem causa, revisar os seus pertences pessoais (incluindo o seu corpo) sem permissão, apontar armas contra você, gritar e usar linguagem ofensiva, e qualquer outro comportamento que não parece ser apropriado. Nós usaremos estas informações para lutar pelos seus direitos.  Se ganharmos, o processo é incerrado e você estará livre para voltar ao seu lar … bem aqui, onde você mora.

Talk with us! We do In-Person, Telephonic, or Skype Consultations!

Copyright 2015 Alexandre Law | All Rights Reserved | Good Pixel

Pin It on Pinterest